A Paraíba o tempo todo  |

Romero Rodrigues diz que vereadores campinenses foram a Brasília reclamar falta de verba da PMCG

Romero desmente Falcão e diz que vereadores foram a Brasília reclamar falta de verba da PMCG para reformar gabinetes

O Deputado Federal Romero Rodrigues (PSDB-PB) desmentiu, em entrevista, o colega de partido e Vereador de Campina Grande Inácio Falcão (PSDB). Romero disse que os vereadores campinenses da base do Governo do Estado não viajaram a Brasília, recentemente, para reclamar com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) do governador Ricardo Coutinho (PSB) e anunciar rompimento da aliança, como disse Falcão.

Segundo Romero, os vereadores foram convidados para ir à capital do país desde o início do ano. Ele garantiu que a conversa com Cássio foi de cortesia, já que o senador tomou posse há pouco tempo. “Aproveitou-se também a oportunidade da tendência da apresentação de emendas que vai se consolidar na próxima semana há uma demanda do poder legislativo municipal que vai passar de 16 para 23 vereadores e não conseguiram junto à prefeitura na questão da reforma e ampliação da câmara”, conta.

Desculpa – Romero disse que os vereadores viajaram a Brasília não para pedir a interferência de Cássio junto ao governador, mas para reclamar de não terem conseguido verba junto à Prefeitura de Campina Grande para a reforma de sete gabinetes na Câmara (essa foi a pior desculpa que eu já vi): “De acordo com o deputado, ele foi procurado pelos vereadores por não terem conseguido o respaldo necessário da prefeitura, como as verbas para permitir que seja feita essa reforma e construção de sete gabinetes”.

A respeito da possível insatisfação dos vereadores com o governo, o deputado contou que “insatisfação existe sempre” e afirmou que nem todos os deputados estão satisfeitos com Dilma, levando a discussão para o cenário nacional. “Isso é uma coisa natural”.

Romero contou que o erro inicial do governo Ricardo foi não divulgar as obras. “Muita coisa estava sendo feita, houve pouca divulgação e as pessoas tomam conhecimento muito mais dos fatos negativos”, conta. “Vamos cobrar internamente discutindo ações estratégicas para a cidade”, ressalta.

 

 

Do Blog de Carlos Magno

 

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe