Por pbagora.com.br

A prefeitura municipal de Campina Grande emitiu nota de esclarecimento, nesta sexta-feira (15), para rebater uma fake news dando conta da compra de respiradores a uma empresa fantasma. A denúncia foi divulgada na página oficial do perfil “Fiscaliza Campina” nas redes sociais e questionam a idoneidade e legalidade, quanto ao funcionamento da empresa no município de Campina Grande.

A prefeitura esclarece a  MFT Comércio e Materiais Médico-Hospitalar está nesse mercado há anos, com inscrição e CNPJ reconhecidos na Receita Federal, não se tratando, portanto, de empresa fantasma.

 

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A vem a público combater informações falsas (fake news) divulgadas na página oficial do perfil “Fiscaliza Campina” nas redes sociais, que questionam a idoneidade e legalidade, quanto ao funcionamento da empresa no município de Campina Grande. A MFT está nesse mercado há anos, com inscrição e CNPJ reconhecidos na Receita Federal.

Nossa sede, inicialmente, esteve instalada na cidade de Recife, em Pernambuco. Contudo, no ano de 2014, mudamos nossas instalações para o município de Campina Grande, na Paraíba. Desde que chegamos na cidade paraibana, funcionávamos na rua Dinamérica Alves Correia, 549, no bairro Santa Cruz, como citado na publicação. Porém, recentemente, mudamos de endereço e estamos funcionando, atualmente, na rua Manoel Elias de Castro, 86, no bairro da Conceição, com expediente diário. Devido à pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19), que tem alterado o expediente e a atividade de vários órgãos públicos pelo Brasil, ainda não conseguimos modificar o endereço perante a junta comercial. Faremos isso logo que for possível.

A MFT aproveita a oportunidade para lamentar a forma agressiva e antiética como a página expôs o nome da empresa, agravado por um contexto de constrangimento, a partir da citação do respeitado poder judiciário paraibano, buscando politizar um tema que não merece esse tipo de abordagem, ainda mais no momento de tensão e apreensão que vivemos por conta dos crescentes casos de Covid-19. Buscaremos a identificação dos autores desta publicação, bem como a retratação dessas pessoas nas esferas competentes.

Reiteramos, por fim, que estamos a disposição da população e dos órgãos competentes para maiores esclarecimentos. Nossa missão, neste momento, é garantir uma saúde pública mais eficiente e justa para todos os cidadãos paraibanos em tempos de crise.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MPPB recomenda que Município de Catingueira suspenda concurso público

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) recomendou ao prefeito do município de Catingueira, Odir Pereira Borges Filho, a suspensão, no prazo de 48 horas, do concurso público regido pelo edital…

Dia do Servidor Público: veja repartições públicas da Paraíba que fecham nesta 4ª

O feriado do Dia do Servidor Público é comemorado no dia 28 de outubro, mas será transferido, em alguns órgãos públicos da Paraíba, para a sexta-feira (30). Confira a lista…