O ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), lamentou, em postagem em sua rede social Instagram, as mortes inesperadas, nesta quarta-feira (10), do jornalista Paulo Henrique Amorim e também do sociólogo pernambucano, Chico de Oliveira.

Segundo Coutinho, Paulo Henrique era um dos grandes jornalistas da atualidade, sobretudo por ser corajoso, combativo, além de viver uma intensa busca pela verdade.

“O Brasil perdeu um dos seus grandes jornalistas. Corajoso, comprometido com a verdade e com a democracia: este era Paulo Henrique Amorim. Na próxima semana, ele estaria conosco no Pense Brasil – Brasília, evento da @fjmangabeira, falando sobre mídia e cidadania, assunto que dominava com maestria. Lamento a sua partida e desejo conforto para os familiares”, posou.

Horas após lamentar o falecimento do comunicador, Coutinho voltou às redes sociais, desta vez, para externar seu pesar pela morte do sociólogo pernambucano, tido como um dos maiores pensadores intelectuais do Brasil.

“Dia de grandes perdas para o país. O sociólogo Chico de Oliveira também nos deixou nesta quarta-feira. Pernambucano do Recife, ele foi um dos maiores pensadores e intelectuais do Brasil e chegou a receber o título de doutor honoris causa pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Uma de suas obras mais conhecidas é o ensaio “O ornitorrinco”, que lhe rendeu o Prêmio Jabuti em 2004. Fica aqui a minha homenagem e meus sentimentos à família”, disse em outra postagem.

Márcia Dias

PB Agora

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Paraíba gera melhor saldo de empregos para o mês de setembro em seis anos

O mercado de trabalho paraibano manteve cenário positivo pelo terceiro mês consecutivo do segundo semestre e gerou o maior saldo dos últimos seis anos para o mês de setembro. Com…

Incêndio atinge zona rural de Monteiro, na Paraíba

Um incêndio atingiu a zona rural de Monteiro, no Cariri da Paraíba, nesta sexta-feira (18). De acordo com o Tenente Rogério, do Corpo de Bombeiros, uma equipe de militares está…