A Paraíba o tempo todo  |

Ressaca do mar causa estragos na orla de João Pessoa e de Baía da Traição

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A ressaca do mar que atingiu o litoral paraibano na última sexta-feira (2) causou estragos em casas e várias ruas do município da Baía da Traição e deixou muitos resíduos na orla de João Pessoa. Equipes de limpeza da Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur) recolheu 60 toneladas de resíduos das areia e entulhos que ficaram acumulados sobre o calçadão da orla, trechos da avenida Cabo Branco e nas ciclofaixas após o registro de ressaca no litoral.

 

Conforme a Capitania dos Portos da Paraíba, as ondas da ressaca chegaram aos 2,5 metros. A barreira do Cabo Branco, em João Pessoa, ficou desprotegida após a ressaca do mar e, de acordo com o coordenador da Defesa Civil de João Pessoa, Noé Estrela, a água levou a proteção da barreira, e a prefeitura da capital está decidindo o que deve fazer para reduzir o processo de erosão da barreira. Noé Estrela adiantou que não há expectativa de outra ressaca do mar que possa causar danos à barreira.

 

Em Baía da Traição, no Litoral Norte, a ressaca causou estragos em casas e várias ruas da cidade. Conforme o secretário de turismo do município, Aluizio Lorena, a prefeitura municipal da Baía da Traição já iniciou o trabalho de recuperação da área danificada.

 

“Nós tivemos, na verdade, três dias de ressaca que destruiu parte da praça central e causou danos em diversas residências que ficam localizadas no centro da Baía da Traição, porém, a prefeitura já está consertando os danos causados no que cabe ao poder público”.

 

De acordo com o secretário, a maior preocupação era com o avanço do mar na área da barreira onde fica a aldeia. “O nosso medo era que a ressaca atingisse a área onde fica a barreira, mas como o próprio mar já havia avançado anteriormente, formou-se uma barreira de proteção e a água não avançou”, contou o secretário.

 

 

 

Redação

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe