O Sindasp-PB (Sindicato dos Agentes e Servidores no Sistema Penitenciário do Estado da Paraíba) está reconhecendo, através do presidente Manuel Leite de Araújo, a adesão de quase toda toda a bancada de representação política da Paraíba, no Congresso, votando na aprovação da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) nº 372/17, que cria a Polícia Penal, no âmbito federal, estadual e distrital, em substituição a essa categoria profissional.

Segundo o presdiente do Sindasp-PB, votaram pela aprovação da matéria os deputados Damião feliciano (PDT), Edna Enrique (PSDB), Efraim Filho (Democratas), Frei Anastácio (PT), Julian lemos (PSL), Pedro Cunha Lima (PSDB), Ruy Carneiro (PSDB) e Wilson Santiago (PTB), não tendo votado, de igual modo, portanto, os deputados Agnaldo Ribeiro (PP), Hugo Mota (PRB) e Welington Roberto (PR).

Dessa forma o dirigente classista apela para que, na próxima votação, que deverá ocorrer, em breve, os deputados que votaram a favor do projeto da PEC, repitam a posição assumida da primeira votação, bem como, reivvindica o apoio dos três que não se posicionaram nessa votação.

 

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

R$ 145,5 milhões: confira na íntegra novas medidas sociais e econômicas da PB

O governador João Azevêdo anunciou, nesta quinta-feira (2), uma série de medidas econômicas e sociais devido ao isolamento social provocado pela pandemia do coronavírus. As medidas têm um amplo alcance,…

Exame confirma Covid-19 em enfermeiro da PB que morreu em SP

Na manhã desta quinta-feira (2), após liberação de exame, foi confirmada a morte por Covid-19 do enfermeiro paraibano Idalgo Moura dos Santos, de 45 anos, que morreu na última terça-feira…