Por pbagora.com.br

Reginaldo Pereira diz que canetada motivada por determinação do MP atingiu quase 400 auxiliares da gestão  

Após exonerar todos os secretários da gestão e afastar cerca de 350 cargos comissionados, entre assessores, diretores e prestadores de serviço, o prefeito de Santa Rita, Reginaldo Pereira (PRB), anunciou na tarde desta quarta-feira (20), em entrevista à imprensa, que vai realizar a recontratação apenas daqueles servidores que realmente trabalham.

Segundo o gestor, a medida emitir um decreto afastando os secretários e comissionados da gestão com uma canetada só atende a uma determinação do Ministério Público que questionou a Medida Provisória nº 001/213, denunciada através de setores da oposição sobre supostas irregularidades em contratações da gestão.

“Estou demitindo todos da medida provisória e os que tão trabalhando prestando serviço vou nomear com base na lei nova aprovada pela Câmara”, falou.
O prefeito ainda lamentou o fato de ter saído a notícia de que ele iria ser cassado porque teria nomeado ‘um mundo dê servidores sem ter lei que respaldasse’.
“Aquilo não era verdade, mas vou fazer a nomeação de todos aqueles que estão realmente trabalhando na prefeitura de Santa Rita”, destacou.

Com a medida, ele diz que terá oportunidade de operacionalizar um ‘choque de gestão’ na Prefeitura, substituindo a quem, porventura, não estiver correspondendo às expectativas da população.

Em grande parte, segundo ele, os auxiliares da administração direta da Prefeitura vêm satisfazendo, não apenas as exigências da Gestão, mas têm atendido os legítimos e superiores interesses da população, sobretudo os que vinham ocupando as secretarias-fim do município.



Márcia Dias

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Senado aprova propostas de empréstimos para a saúde e saneamento na PB

O Senado Federal aprovou, nesta terça-feira (20), as propostas que garantem a Paraíba contrair empréstimos no valor de US$ 126,87 milhões do Banco Mundial para investimentos em saneamento e de…

PB realiza pesquisa inédita no Brasil para avaliar situação do coronavírus no estado

O Governo do Estado da Paraíba realizará um levantamento pioneiro no Brasil para avaliar a situação do estado na pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Entre os dias 3 de novembro…