Em virtude da interdição do Fórum “Dr José Mariz”, da comarca de Sousa, para a reforma na estrutura física, o regime de jurisdição conjunta nos 1º e 2º Juizados Especiais Mistos da unidade judiciária será realizado no prédio onde funciona a Faculdade de Direito. O mutirão inicia nesta segunda-feira (13), a partir das 7h, e ocorrerá até o dia 30 de março, de segunda a sexta-feira, em dois turnos, pela manhã das 7 às 13 horas e a tarde, das 13 às 19 horas.

O regime especial foi aprovado, por unanimidade, pelos membros do Conselho da Magistratura, no último dia três. Ao apresentar a proposta de resolução, o presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Abraham Lincoln da Cunha, ressaltou o acúmulo de processos nos juizados especiais. Ele, também, observou que a Presidência do TJPB, juntamente, com a Corregedoria Geral de Justiça, estão analisando a possibilidade de realizar outros mutirões, em diversas comarcas do Estado.

Na oportunidade, o desembargador-presidente considerou o atendimento às metas prioritárias definidas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que têm como finalidade maior a concretização do preceito constitucional da “razoável duração do processo”, salvaguardando o direito fundamental do jurisdicionado, inscrito no art. 5º, LXXVIII, da CF.

A Diretoria de Tecnologia da Informação adotará as providências necessárias para a viabilização técnica e dotação dos equipamentos a serem utilizados durante o esforço concentrado. Ainda segundo a Resolução, os magistrados designados deverão apresentar, a cada trinta dias, à Corregedoria Geral de Justiça, relatório circunstanciado e individual dos trabalhos realizados, sem prejuízo do relatório final a ser apresentado pelo magistrado titular do 1º Juizado Especial Misto.

 

TJPB/Gecom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Paraibano lança curso ensinando fazer robôs de forma fácil em plataforma internacional. Veja detalhes!

Todos nós conseguimos perceber mudanças cada vez mais velozes no mundo. Em menos de uma década, passamos dos computadores de mesa e ambientes conectados apenas através de cabos para uma…

Cadela que seguiu dono com câncer até hospital está com a mesma doença

Uma cadela que seguiu o dono com câncer até o Hospital Napoleão Laureano – que é referência no tratamento da doença em João Pessoa – e aguardou o tratamento na…