Razão de acalorados debates na Câmara Federal, a reforma da Previdência também repercutiu na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). O texto base da reforma foi aprovado em 1º turno na noite de ontem (10) em Brasília.

O presidente da Casa parlamentar da Capital paraibana, João Corujinha disse que a reforma é sim necessária, no entanto, o texto apresentado não pode prejudicar a classe trabalhadora, maioria no país. “O assalariado não deve ser prejudicado. A reforma tem que haver para que possamos economizar. Estamos num momento de crise e, não só a reforma previdenciária, mas também a reforma trabalhista não podem prejudicar o trabalhador”, analisou Corujinha. O Presidente da CMJP acredita que o texto apresentado passará por mudanças visando não penalizar os mais pobres.

Já o vereador Lucas de Brito, disse ver com bons olhos a aprovação da PEC da reforma da Previdência. Segundo ele, a reforma precisa acontecer e as sugestões apresentadas vêm sendo acolhidas pelo Congresso. “A reforma está sendo discutida e ficamos otimistas para que a reforma passe e que o texto possa seguir para o Senado”, argumentou Brito.

Para o vereador Carlão da Consolação, a reforma não é essencial, mas o texto a presentado foi o melhor para o atual momento do Brasil. O parlamentar explica a necessidade de cortar privilégio principalmente nos Poderes. “O Executivo, com uma média de aposentadoria de R$ 9 mil, o Legislativo tem uma média de aposentadoria com até R$ 29 mil. O Poder Judiciário com a aposentadoria de R$ 24 mil. O Ministério Público com uma média de R$ 33 mil e a classe produtiva do país, o trabalhador, aquele que se aposentar no regime geral tem uma aposentadoria de R$ 1.600. Então, começamos a entrar em um novo universo de haver uma igualdade”, declarou Carlão.

A Câmara Federal passa agora a analisar os destaques apresentados pelos partidos para em seguida votar a matéria em 2º turno e, em caso de uma nova aprovação, o texto será encaminhado ao Senado.

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

CG: alternativos protestam contra decreto que impede transporte de estudantes

“Presidente Jair Bolsonaro, cumpra sua palavra, revogue a lei 15.855”. A frase está estampada em uma das faixas afixadas no Complexo Habitacional Aluísio Campos, em Campina Grande, como forma de…

PM apreende arma e drogas durante ação entre Bayeux e JP

A Polícia Militar apreendeu um revólver, porções de maconha, crack, cocaína, comprimidos entorpecentes, dinheiro e 30 carteiras de cigarro contrabandeado, durante uma ação policial realizada, na noite dessa segunda-feira (11),…