Por pbagora.com.br

A Procuradora Geral da República, Raquel Dodge, disse nesta terça-feira (29) que a crise provocada pela paralisação dos caminhoneiros atinge direitos fundamentais da população brasileira.

“Deixou de ser apenas uma crise de abastecimento, mas é uma crise que já atinge os direitos fundamentais”, afirmou a procuradora-geral da República em sessão do Conselho Nacional do Ministério Público, presidido por ela, ao anunciar a criação de um comitê para acompanhar a atuação do MPF no caso.

“É certo que há o direito à greve, direito ao protesto e à reivindicação, mas também há responsabilidade por abuso na atuação que possa resultar em prejuízos para indivíduos, para grupos e para a coletividade, notadamente nas áreas de serviço público e de utilidade pública.”

 

Com Folha de São Paulo

Notícias relacionadas

Inmet emite alertas de alagamentos e chuvas intensas para quase toda a PB

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as chuvas que caem na Paraíba devem continuar até, pelo menos, às 11h desta quinta-feira (6). O órgão emitiu dois novos…

Wilson Filho solicita ampliação do Projeto Prato Cheio para todas as regiões da Paraíba

O deputado estadual Wilson Filho (PTB) participou na manhã desta quarta-feira (04) da 14ª Sessão Ordinária da Assembleia Legislativa da Paraíba e solicitou ao Governo da Paraíba a ampliação do…