A vereadora Raissa Lacerda (PSD), autora da reapresentação do projeto de lei que objetiva impedir a inserção de consumidores da Energisa e da Cagepa com contas em atraso comemou, nesta terça-feira (05), a sanção, pelo prefeito Luciano Cartaxo, do projeto, que agora é lei em toda a Capital.

Raíssa ainda falou sobre o impasse gerado com as operadoras, mas acredita que elas vão perder a causa se recorrerem.

“Eles não vão conseguir derrubar uma lei na justiça, uma lei que vai beneficiar a população, essa é a intenção da nossa lei. Foi uma luta de David contra Golias, mas vencemos graças a Deus”, disse.

A proposta impossibilita as operadoras de inserir o nome dos consumidores com contas atrasadas no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e Serasa. Recentemente a Energisa declarou que, se o projeto virar lei, vai recorrer à justiça.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: ficando provado que presos acusados de compor uma Orcrim não tem culpa, quem paga a conta?

Generalizemos e evitemos mencionar nomes, até para que não se forme juízo de valor influenciado por simpatias, antipatias, vinganças, apreço, ou coisa que o valha. Vamos lá: Imagine você que…

Procuradoria da ALPB deve pedir arquivamento do pedido de impeachment de João

Nesta sexta-feira (21) uma informação confirmada, mas ainda extraoficial, dá conta de que a Procuradoria Jurídica da Assembleia Legislativa recomendou, em parecer, o não reconhecimento do pedido de impeachment do…