Por pbagora.com.br

Em pronunciamento esta semana, na tribuna do Senado Federal, o senador Raimundo Lira (PMDB-PB) criticou a quantidade de impostos paga pelos brasileiros. Ele explicou que, do ano da promulgação da Constituição – 1988 – até agora, a carga tributária vem sofrendo sucessivos aumentos.

Reportagem da Agência Senado de Notícias mostra que, à época, segundo relatou Raimundo Lira em seu discurso, a carga tributária era equivalente a 25% do Produto Interno Bruto – PIB. Em 2014, a carga tributária já era de 32,42% do PIB e, em 2015, chegou 32,66%.

No entanto, apesar de pagar mais impostos, a sociedade, na avaliação do Senador, não recebe a compensação devida, pelo contrário. Para Raimundo Lira, com o confisco da renda resultado da cobrança de tributos, o brasileiro consome menos e, em consequência, há queda na produção.

Essa tendência, na avaliação do Senador paraibano, condena o Brasil ao eterno subdesenvolvimento.

 

– O brasileiro não está recebendo a compensação pela redemocratização do país. O Estado democrático brasileiro não está sendo justo com a população brasileira. Nós precisamos entregar novamente este país para a maioria do povo brasileiro, que trabalha, que ama o país e que faz com que o país ande – afirmou.

 


Redação

Notícias relacionadas

Bandidos arrombam loja com pedras e chutes em Campina Grande

Os bandidos arrombaram uma loja com pedras e chutes e furtaram cerca de dez bolsas, em Campina Grande. O roubo aconteceu na madrugada desta sexta-feira (23), no Centro da cidade.…

PRF abre edital de locação de imóvel para instalação da Superintendência na região metropolitana de JP

A locação da nova Sede Administrativa visa a melhoria no desempenho da prestação de serviços à sociedade pela PRF no Estado da Paraíba João Pessoa (PB), 22/04/2021 – A Polícia…