Um impasse dentro da bancada de oposição na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) no tocante a aplicação das emendas impositivas rachou o bloco no meio, que agora se dividiu em uma espécie de ‘oposição raiz’ – a aguerrida contra a gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PC), e a ‘oposição nutella’ – àquela que evita os embates diretos com a gestão municipal na busca de acordos.

Tudo começou nesta quarta-feira (27) com o anúncio dos vereadores Bruno Farias (Cidadania) e Léo Bezerra (PSB) sobre suas saídas da bancada de oposição, surpreendendo a todos os vereadores da Casa.

No primeiro momento acreditava-se que, diante do anúncio, a dupla iria aderir à bancada governista, mas o vereador Bruno explicou que era justamente o contrário, já que os dois estavam deixando a oposição liderada pelo vereador Marcos Henriques (PT), por não concordarem com os acordos realizados entre o então líder e a gestão municipal.

O líder da bancada de oposição teria costurado o acordo com a base do prefeito Luciano Cartaxo sem consultar os colegas, fato que teria provocado o estopim do racha.

“Assim como fez o vereador Léo Bezerra, gostaria de comunicar a minha saída da bancada liderada pelo vereador Marcos Henriques, porque mesmo saindo continuaremos na oposição. Como diz Veneziano, somos oposição de verdade”, anunciou Farias durante a sessão de hoje no legislativo municipal.

Recentemente, a vereadora Sandra Marrocos (PSB) e o vereador Tibério Limeira, que também integram a bancada de oposição, fizeram gestos positivos em prol da gestão do prefeito Luciano Cartaxo (PV), fato que deixou a base oposicionista ‘raiz’ incomodada.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Concurso da Fundac, na Paraíba, divulga resultado final da prova de títulos

Foi publicado nesta sexta-feira (28) no Diário Oficial do Estado (DOE) da Paraíba o resultado final da prova de títulos para os candidatos que foram aprovados nas fases anteriores do…

Sem concurso: Bolsonaro assina MP para contratar aposentados para o INSS

Foi oficialmente assinada, pelo presidente Jair Bolsonaro, a Medida Provisória que permite a contratação de servidores aposentados e militares da reserva para atuarem no INSS. Contudo, a publicação da Medida…