Quem não usar máscara em locais públicos poderá ser punido com multa na Paraíba. A sinalização é do governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), ao admitir a possibilidade de instituir a sanção no Estado, durante entrevista à CBN Paraíba, nesta segunda-feira (04).  A medida só ocorrerá se, após uma campanha educativa, as pessoas insistirem em não adotar o equipamento de proteção como forma de conter a propagação do vírus.

Além da campanha, o governo fará  a distribuição de 3 milhões de máscaras.  Só após isso é que haverá a expedição de um novo decreto com o disciplinamento de multa. Segundo ele, a única forma de se preservar e diminuir o risco de contágio é usando a máscara e medidas de higiene pessoal.

“As pessoas precisam compreender de vez que nós estamos diante de uma pandemia e este vírus não tem vacina, não tem remédio, nem tem tratamento oficial, definido e que demonstre a efetividade deste tratamento”, disse Azevêdo.

Uma das prioridades na distribuição será a entrega das máscaras nas filas de bancos, onde está sendo feito o pagamento do auxílio emergencial do governo federal.

O valor da multa para quem descumprir as medidas ainda não foi estipulado.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

NESTA 2ª: Romero deve anunciar medidas mais duras de isolamento em CG

Em um momento em que a crise pelo novo coronavírus se agrava em todo o Brasil e igualmente na Paraíba, o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, deverá anunciar, nesta…

Vila Vicentina tem 11 casos de covid-19 e uma morte confirmada

Até esta segunda-feira (25), o abrigo de idosos Vila Vicentina, localizado no bairro da Torre, em João Pessoa, registrou 11 casos de idosos com confirmação para a covid-19 e um…