Por pbagora.com.br

Quem não usar máscara em locais públicos poderá ser punido com multa na Paraíba. A sinalização é do governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), ao admitir a possibilidade de instituir a sanção no Estado, durante entrevista à CBN Paraíba, nesta segunda-feira (04).  A medida só ocorrerá se, após uma campanha educativa, as pessoas insistirem em não adotar o equipamento de proteção como forma de conter a propagação do vírus.

Além da campanha, o governo fará  a distribuição de 3 milhões de máscaras.  Só após isso é que haverá a expedição de um novo decreto com o disciplinamento de multa. Segundo ele, a única forma de se preservar e diminuir o risco de contágio é usando a máscara e medidas de higiene pessoal.

“As pessoas precisam compreender de vez que nós estamos diante de uma pandemia e este vírus não tem vacina, não tem remédio, nem tem tratamento oficial, definido e que demonstre a efetividade deste tratamento”, disse Azevêdo.

Uma das prioridades na distribuição será a entrega das máscaras nas filas de bancos, onde está sendo feito o pagamento do auxílio emergencial do governo federal.

O valor da multa para quem descumprir as medidas ainda não foi estipulado.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Advogado de Tyrone destaca que cliente ainda pode concorrer às eleições em Sousa

O imbróglio envolvendo a pendenga jurídica do prefeito de Sousa, Fábio Tyrone, do Cidadania, ganhou um novo capítulo nesta quarta-feira (28) após o advogado Johnson Abrantes, que representa a defesa…

Ibama e PF deflagram operação contra desmatamento na PB

Durante uma operação conjunta entre o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a Polícia Federal, foram identificados 45,8 hectares de área desmatada no bioma da…