A Paraíba o tempo todo  |

Quase 190 profissionais de saúde servidores da PB receberam auxílio emergencial ilegal

Quase 190 profissionais de saúde servidores do estado receberam auxílio emergencial ilegal, na Paraíba. No âmbito do Governo do Estado da Paraíba, 6.603 servidores públicos receberam indevidamente o auxílio emergencial.

Ao todo, 188 profissionais da saúde servidores da Secretaria Estadual da Saúde (SES), na Paraíba, receberam auxílio emergencial indevido. São enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, farmacêuticos, psicólogos, biomédicos, cirurgiões-dentista e médico radiologista.

Um cruzamento de dados feito pela Controladoria-Geral da União (CGU) e pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB) mostrou que cerca de 25.645 servidores públicos na Paraíba receberam indevidamente os R$ 600 reais mensais referentes ao auxílio emergencial do governo federal. O montante total pago aos quase 26 mil servidores foi de quase R$ 18,1 milhões por parcela.

Em relação às prefeituras e câmaras municipais, todas as 223 prefeituras tiveram servidores que receberam auxílio emergencial indevidamente, totalizando 19.298 servidores, e, no caso do Legislativo Municipal, 124 Câmaras de Vereadores tiveram servidores com recebimento indevido do auxílio emergencial, num total de 348 servidores.

Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe