Não será dessa vez que o vereador Léo Bezerra, do PSB, assumirá o comando da Câmara Municipal de João Pessoa, nem o suplente do PCdoB, Guga de Jaguaribe tomará posse no mandato na Casa de Napoleão Laureano. O motivo é o mesmo – o presidente da Casa, João Corujinha (PSDC) não pedirá licença estendida do mandato para tratamento de saúde, mas apenas alguns dias para realização de exames. A informação foi confirmada pelo próprio parlamentar que descartou o afastamento por um período superior a 120 dias.

“Ao falar de licença no poder público de mandato, já pensam em meses, mas seriam só alguns dias, para cuidar da minha saúde”, avisou.

Corujinha passou mal durante uma sessão plenária e deixou a Mesa. Logo depois informou que teria que se ausentar para realização de exames e que ficaria afastado por uns dias do parlamento.

“Eu tenho que me cuidar, estou precisando de alguns dias para cuidar da minha saúde. É apenas questão de cuidados e exames, já que até no recesso, eu não tive como fazer isso”, explicou.

Caso Corujinha se licenciasse, essa seria a primeira vez que o parlamento municipal ficaria sob o comando da oposição ao prefeito Luciano Cartaxo.

LÁ E CÁ

Fato semelhante aconteceu na Assembleia Legislativa da Paraíba, nos últimos dias. O deputado estadual Manoel Ludgério (PSD) passou mal e teve que ser internado às pressas. Familiares informaram que ele teria que se afastar do mandato para tratar da saúde. A suplente Jane Panta, do PP, é quem assumiria o cargo caso a licença fosse de 121 dias. Mas, Ludgério informou, por meio de sua assessoria, que só pretende ficar afastado da função por, no máximo, 15 dias, período que não necessita de posse de suplente.

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PRF e PM realizam ação conjunta e recuperam três veículos roubados

A ação foi realizada em João Pessoa e Cabedelo. Todos os veículos estavam clonados com informações de automóveis com as mesmas características mas sem ocorrência de roubo ou furto A…

OPINIÃO: depois de retirar os camelôs, PMJP deveria mandar limpar o Centro

Depois de retirar os camelôs da área, a Prefeitura de João Pessoa bem que poderia determinar ao seu setor competente uma limpeza geral no centro da Capital. Eu prefiro acreditar…