O prefeito Romero Rodrigues lança nesta sexta-feira, 31, às 10h, o projeto de desenvolvimento “Bom é na Feira”, a ser realizado na Feira Central de Campina Grande. A solenidade acontecerá na sede administrativa da Feira Central, com a presença de autoridades municipais, feirantes e representantes de diversas instituições.

Trata-se de um projeto de desenvolvimento da Feira Central que envolve uma articulação entre a Prefeitura Municipal de Campina Grande e instituições parceiras. As atividades contemplarão desde a atualização da sinalização turística e reformulação do espaço cultural até a criação de um aplicativo e de um site da Feira Central, com um mapa interativo.

Entre os parceiros da iniciativa está a Visa – empresa líder em pagamentos digitais – que, por meio do Programa Cidades do Futuro, além de ser uma das patrocinadoras do projeto, também vai contribuir com a implementação de meios eletrônicos de pagamento, de modo que os feirantes possam aceitar cartões de débito, crédito ou pré-pagos. Cerca de 1.200 comerciantes locais vão receber treinamento e serão beneficiados com as ações do projeto no geral.

Ainda participam do projeto a Gevisa, Fundação Parque Tecnológico da Paraíba, como interveniente das ações planejadas, o Procon Municipal como parceiro em ações voltadas ao consumidor e o Sebrae mediante ações de capacitação e de consultorias especializadas aos feirantes.

A Prefeitura Municipal de Campina Grande interage através das secretarias de Desenvolvimento Econômico, Serviços Urbanos e Meio Ambiente, Planejamento, Obras e Ciência, Tecnologia e Inovação. As ações conjuntas irão atrair novos consumidores, modernizar os canais de venda da feira e fortalecer a identidade cultural de um dos nossos maiores patrimônios.

Visa ampliará investimentos

Além do projeto de desenvolvimento da Feira Central, a empresa Visa anunciou que vai continuar as ativações em Campina Grande durante o mês de junho, por meio de patrocínio em eventos relacionados ao Maior São João do Mundo.

Quanto ao programa Cidades do Futuro, iniciado em 2018 nas cidades de Belém, Campina Grande e Maringá, a empresa ressaltou que ele objetiva incentivar o uso dos meios eletrônicos de pagamento em locais onde ainda predomina o uso do dinheiro em papel, buscando o desenvolvimento local.

Durante os três primeiros meses em que foram realizadas ativações em Belém, Campina Grande e Maringá, houve um crescimento de 20% no volume de uso de cartões Visa nas três cidades, superior ao crescimento médio do País.

 

Redação com Assessoria

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Perigo em duas rodas: MPPB defende aumento da fiscalização pelos órgãos para evitar acidentes

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) tem procurado reunir os órgãos responsáveis pelo trânsito na Paraíba com o intuito de implementar ações que possam reduzir o alarmante número de acidentes…

Concurso para Procuradoria do Estado terá 12 vagas e edital deve sair em novembro

O concurso público da Procuradoria-Geral do Estado da Paraíba terá 12 vagas para o cargo de procurador. A informação foi revelada pelo procurador-geral do Estado, Fábio Andrade Medeiros. Fábio Andrade…