Experiência pioneira do governo paraibano, o condomínio horizontal Cidade Madura deverá servir de modelo para o Estado do Rio de Janeiro/RJ. Nesta quarta-feira (6), a secretária de Estado do Desenvolvimento Humano (SEDH), Cida Ramos, e a presidente da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap), Emília Correia de Lima, receberam a assessora da Subsecretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social do Estado do Rio de Janeiro, Marta Pessoa, que veio à Paraíba conhecer a concepção e funcionamento da ideia paraibana.

A gerente da Assistência Social da SEDH, Patrícia Larrissa, e a técnica de referência, Gidenise Oliveira, apresentaram o programa, explicando a razão de ter sido implantado, o processo de seleção dos idosos (cadastro, entrevistas e seleção) e funcionamento do Cidade Madura nos quatro municípios onde está presente: João Pessoa, Campina Grande, Cajazeiras e Guarabira. O quinto, em fase de conclusão na cidade de Sousa, será entregue nos próximos meses.

A secretária de Estado do Desenvolvimento Humano, Cida Ramos, falou das políticas públicas para idosos desenvolvidas pelo Governo do Estado, através da SEDH. “O trabalho dos 22 Centros Sociais Urbanos (CSU), em funcionamento no Estado, onde os idosos podem desenvolver atividades culturais, artesanato, dança, oficina da memória, hidroginástica, entre outras. O Projeto Acolher, que beneficia os idosos que vivem nas Instituições de Longa Permanência (ILPs), mediante o repasse de recursos por meio de editais e mediante projetos apresentados. E o Cidade Madura, que beneficia idosos que possuem autonomia”

A presidente da Cehap, Emília Correia Lima, lembrou que o Cidade Madura surgiu da preocupação do Governo Estadual com situações vivenciadas por idosos. “O condomínio foi desenvolvido pensando na importância de que os idosos tenham uma convivência entre si, recebam seus familiares e a garantia de que vivam bem”, disse Emília Correia.

A assessora da Subsecretaria de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social do Estado do Rio de Janeiro, Marta Pessoa, elogiou a iniciativa do governo paraibano e afirmou que o objetivo de conhecer o projeto é de efetivamente levar informações sobre o Condomínio Cidade Madura, que já conhecia através da imprensa. “Temos um número cada mais maior de idosos, não apenas no Rio de Janeiro, e precisamos pensar políticas públicas para essa parcela da população, inclusive na questão da moradia. Para isso buscamos experiências como o Cidade Madura, que é pioneira e positiva”.

 

Secom

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Operação apura desvios de R$ 150 milhões por terminais rodoviários

O Ministério Público da Paraíba, por meio da Promotoria de Combate aos Crimes contra a Ordem Tributária, a Secretaria de Estado da Fazenda e a Polícia Civil deflagraram, nesta terça-feira…

Heron Cid deixa Sistema Arapuan após quatro anos na empresa e destaca gratidão

O apresentador dos principais programas do Sistema Arapuan FM, tanto no Ràdio, quanto na TV, Heron Cid comunicou nesta segunda-feira (19) seu desligamento do Sistema Arapuan após quatro anos na…