Por pbagora.com.br

A Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor da Paraíba (Procon-PB) realizou, nos dias 18 e 19 de dezembro, um levantamento com o preço do material escolar em que apontou uma diferença de até R$ 36,99 no lápis de colorir da marca Faber Castell. A pesquisa, realizada pelo Setor de Pesquisa e Estatística do órgão, contemplou oito estabelecimentos da Capital, com 249 itens catalogados.

De acordo com o levantamento, o lápis de colorir com 36 unidades da marca Faber Castell apresentou uma economia de R$ 36,99, sendo o menor valor encontrado de R$ 53 no Sundry Magazine e Papelaria (Centro), e R$ 89,99 no Paraíba Importados (Centro), com variação de 69,79%.

Já a caneta de tinta esferográfica da marca Pilot 1.6 custa R$ 5,15 na Papelaria Pedro II (Centro) e R$ 7,50 3G na Papelaria (Centro), variando 45,63%, com diferença de R$ 2,35.

O lápis madeira da marca Grafite HB custa R$ 0,30 na 3G Papelaria (Centro) e R$ 1 na Exclusiva (Centro), a diferença no valor é de R$ 0,70, com uma variação de 233,33%.

O caderno capa dura, com 10 matérias, da marca Surprise, apresentou uma variação de 1,61%, com economia de R$ 0,60. Os preços oscilaram de R$ 37,30 na Sundry Magazine e Papelaria (Centro) e R$ 37,90, na PaperBlue (Centro).

Já a caneta hidrográfica de colorir da marca Mega Hidrocor, com 12 unidades, foi encontrada por R$ 2,99 na Paraíba Importados (Centro), e por R$ 16,10 Papelaria Pedro II (Centro), a variação foi de 438,46%, com variação de R$ 13,11.

Você pode conferir outros produtos, como cola branca, cartolina dupla face, corretivo e massa de modelar acessando a pesquisa.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Apesar da pressão de RC, PSB Nacional rejeita aliança com PT em JP

A decisão do PT nacional de intervir na eleição à Prefeitura de João Pessoa e determinar ontem a retirada da candidatura do petista Anísio Maia para apoiar o ex-governador Ricardo…

Herdeiros de Jota Júnior deverão ressarcir R$ 16,9 mi aos cofres de Bayeux

A Quarta Câmara Especializada Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba condenou o espólio do ex-prefeito de Bayeux, Josival Júnior de Souza, mais conhecido como Jota Júnior, que faleceu em…