A Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor da Paraíba (Procon-PB) realizou, nos dias 18 e 19 de dezembro, um levantamento com o preço do material escolar em que apontou uma diferença de até R$ 36,99 no lápis de colorir da marca Faber Castell. A pesquisa, realizada pelo Setor de Pesquisa e Estatística do órgão, contemplou oito estabelecimentos da Capital, com 249 itens catalogados.

De acordo com o levantamento, o lápis de colorir com 36 unidades da marca Faber Castell apresentou uma economia de R$ 36,99, sendo o menor valor encontrado de R$ 53 no Sundry Magazine e Papelaria (Centro), e R$ 89,99 no Paraíba Importados (Centro), com variação de 69,79%.

Já a caneta de tinta esferográfica da marca Pilot 1.6 custa R$ 5,15 na Papelaria Pedro II (Centro) e R$ 7,50 3G na Papelaria (Centro), variando 45,63%, com diferença de R$ 2,35.

O lápis madeira da marca Grafite HB custa R$ 0,30 na 3G Papelaria (Centro) e R$ 1 na Exclusiva (Centro), a diferença no valor é de R$ 0,70, com uma variação de 233,33%.

O caderno capa dura, com 10 matérias, da marca Surprise, apresentou uma variação de 1,61%, com economia de R$ 0,60. Os preços oscilaram de R$ 37,30 na Sundry Magazine e Papelaria (Centro) e R$ 37,90, na PaperBlue (Centro).

Já a caneta hidrográfica de colorir da marca Mega Hidrocor, com 12 unidades, foi encontrada por R$ 2,99 na Paraíba Importados (Centro), e por R$ 16,10 Papelaria Pedro II (Centro), a variação foi de 438,46%, com variação de R$ 13,11.

Você pode conferir outros produtos, como cola branca, cartolina dupla face, corretivo e massa de modelar acessando a pesquisa.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

UEPB institui auxílio emergencial e garante pagamento de bolsas de assistência estudantil

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) instituiu, por meio da Portaria UEPB/GR/0020/2020, um auxílio financeiro emergencial, a título extraordinário, de parcela única, para os alunos assistidos pelo…

Comerciantes fazem carreata para pedir abertura do comércio em João Pessoa

Mesmo com as recomendações dos especialistas para evitar aglomeração de pessoas em tempos de combate ao novo coronavírus, um grupo de comerciantes fez uma carreata para pedir a abertura do…