Por pbagora.com.br

O Procon Municipal lança na próxima quarta-feira, 6, a 1ª edição do Selo Empresa Amiga do Consumidor. A apresentação do projeto será realizado às 9h no auditório da Associação Comercial de Campina Grande, para entidades parceiras e imprensa.

 

O objetivo do projeto Selo Empresa Amiga do Consumidor é certificar bares e restaurantes que agem de acordo com o Código de Defesa do Consumidor. Incentivar a melhoria na qualidade do serviço prestado no município de Campina Grande e distritos através do poder de compra do consumidor, que identificará quais são os melhores bares e restaurantes antes de usar os serviços.

 

O Selo tem três categorias de acordo com os itens obrigatórios expostos no edital – uma estrela (padrão bronze), duas estrelas (padrão prata) e três estrelas (padrão ouro). Mas a empresa que apresentar além dos itens obrigatórios, os facultativos, poderá ascender a mais duas estrelas. Recebendo ao final do Selo Empresa Amiga do Consumidor até 5 estrelas. O certificado tem validade por um ano e pode ser cancelado a qualquer momento em caso de irregularidades constatadas pelo Procon e órgãos parceiros participantes do Projeto.

 

Participam como parceiros do Projeto junto ao Procon, outros órgãos da Prefeitura Municipal de Campina Grande (Vigilância Sanitária, Comunicação, Secretaria de Desenvolvimento e Coordenadoria de Turismo), a Associação Comercial de Campina Grande, Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba e o Sindicato de Bares e Restaurantes e similares.

 



Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Na PB, promotores de Justiça buscarão garantir cumprimento do plano de vacinação

O procurador-geral de Justiça (PGJ), Francisco Seráphico Ferraz da Nóbrega Filho, e o corregedor-geral do Ministério Público da Paraíba (MPPB), Alvaro Cristino Pinto Gadelha Campos, recomendaram a todos os promotores…

Covid: Semob-JP cobrará cumprimento de protocolos pelas empresas de ônibus

A Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP) deverá fiscalizar com mais intensidade os transportes coletivos da Capital, após denúncias de superlotação e falta de cumprimento dos protocolos contra…