Diversos supermercados de Santa Rita foram multados pelo PROCON municipal nessa quinta-feira (09) em razão dos valores abusivos do feijão comercializado. O órgão de defesa do consumidor vinha recebendo denúncias de que o preço do produto estava muito elevado e, por isso, iniciou nas últimas semanas uma fiscalização em todos os estabelecimentos da cidade.

Inicialmente, foi dado um prazo de 24 horas para que os comerciantes apresentassem as notas fiscais de compra do produto nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2020. O PROCON/SR fez também o registro dos preços do item exposto nas prateleiras. Após o recebimento das notas fiscais, o órgão constatou abusividade em vários estabelecimentos, o que ensejou a aplicação de multa.

Rafael Monteiro, superintendente do órgão, informou que a fiscalização nos supermercados da cidade continuará. “Estaremos, sobretudo, acompanhando os preços dos produtos da cesta básica. Caso seja detectada alguma abusividade na comercialização, o PROCON Santa Rita aplicará as sanções previstas em lei, como multa e até interdição do estabelecimento comercial”, explicou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Duas agências da Caixa são notificadas durante fiscalização em JP

Com o objetivo de verificar o cumprimento das medidas de distanciamento e higiene previstas nos decretos municipais e estaduais em razão da pandemia da Covid-19, o Serviço de Proteção e…

Um dia após fim de barreiras sanitárias, bairro de Mangabeira registra ruas cheias

Pelo visto as medidas de conscientização e barreiras sanitárias montadas por dois dias no bairro de Mangabeira, o mais populoso de João Pessoa e que conta com o maior número…