O Procon de Campina Grande autuou a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), por má prestação de serviços públicos. A autuação foi realizada nesta terça-feira (19), em consequência dos transtornos ocasionados pela falta de água na cidade, depois que uma pane no sistema elétrico da Estação de Tratamento de Gravatá, localizada em Queimadas, no Agreste do estado, provocou a interrupção no abastecimento em Campina Grande e outras .

O órgão estadual tem um prazo de dez dias para apresentar a defesa. Caso isso não ocorra, a companhia poderá ser multada em valores que variam de R$ 200 mil a R$ 400 mil. de acordo com o Procon. 

Ainda conforme o Procon, a Cagepa infringiu artigos do Código de Defesa do Consumidor, sobretudo, o que determina que as concessionárias são obrigadas a fornecer serviços adequados, eficientes, seguros e, quanto aos essenciais, contínuos.

Segundo o coordenador executivo do Procon de Campina Grande, Rivaldo Rodrigues, desde a segunda-feira (18),

Redação com G1

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Chuvas acima da média elevam nível dos reservatórios na Paraíba

Acostumados a conviverem com a seca, o sertanejo está feliz da vida e agradecendo a Deus pelas chuvas abundantes. As chuvas que caíram este ano no Estado, elevaram o nível…

Empresário confirma sondagem do Campinense pelo volante Moreilândia

Jogador atuou pelo Retrô, de Pernambuco, no primeiro trimestre deste ano, e despertou o interesse do clube paraibano.   Livre no mercado, o volante Moreilândia desperta interesse de diversos clubes…