O Procon de Campina Grande autuou a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), por má prestação de serviços públicos. A autuação foi realizada nesta terça-feira (19), em consequência dos transtornos ocasionados pela falta de água na cidade, depois que uma pane no sistema elétrico da Estação de Tratamento de Gravatá, localizada em Queimadas, no Agreste do estado, provocou a interrupção no abastecimento em Campina Grande e outras .

O órgão estadual tem um prazo de dez dias para apresentar a defesa. Caso isso não ocorra, a companhia poderá ser multada em valores que variam de R$ 200 mil a R$ 400 mil. de acordo com o Procon. 

Ainda conforme o Procon, a Cagepa infringiu artigos do Código de Defesa do Consumidor, sobretudo, o que determina que as concessionárias são obrigadas a fornecer serviços adequados, eficientes, seguros e, quanto aos essenciais, contínuos.

Segundo o coordenador executivo do Procon de Campina Grande, Rivaldo Rodrigues, desde a segunda-feira (18),

Redação com G1

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Inmet emite alerta de fortes chuvas para JP, CG e mais 112 cidades

Por meio de release o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) publicou aviso de perigo ocasionado por acumulado de chuva para 114 municípios paraibanos, incluindo João Pessoa e Campina Grande, hoje…

Covid-19: em dez dias, JP registra mais de mil casos da doença

Os registros diários de pessoas contaminadas pelo novo coronavírus (Covid-19) ainda continua subindo na Capital paraibana após quase 60 dias de isolamento social. Em dez dias, segundo dados do Governo…