A Prefeitura de Bayeux, por meio do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON) de Bayeux, iniciou uma operação contra as ilegais esperas que os consumidores frequentemente são vítimas nas agências bancárias da cidade.

“O órgão de defesa do consumidor é importante para alertar os consumidores sobre possíveis práticas abusivas sem justa causa”, disse o Prefeito Berg Lima. “O nosso povo não merece essas esperas super cansativas e, que atrasam suas atividades diárias”, concluiu.

De acordo com o secretário do PROCON, Aécio Farias, a ação visa impedir que essa infeliz prática de fazer os consumidores aguardarem muitas vezes por horas continuem.

“A Lei Estadual 9.426/2011 é muito clara e taxativa ao estabelecer que o atendimento, em dias normais, deve ocorrer, no máximo, em 20 minutos, 30 minutos nos dias de pagamento dos servidores públicos e 35 em dias considerados atípicos como vésperas de feriados e o dia seguinte”, explicou o secretário.

O PROCON constatou que um dos vereadores da cidade de Bayeux e outros consumidores passaram mais de uma hora para serem atendidos, notificando assim, a Caixa Econômica Federal.

Coordecom/Bayeux

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

SES confirma 15° caso de Covid-19 na PB; 12 óbitos estão em investigação

A  Secretária de Estado da Saúde (SES) confirmou que número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus (Covid-19) na Paraíba subiu para 15. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado nesta…

Diocese de CG suspende celebrações da Semana Santa

A Diocese de Campina Grande acaba de encaminhar uma nota as paróquias comunicando o cancelamento da Semana Santa em decorrência do avanço da pandemia do novo coronavírus. O decreto assinado…