Por pbagora.com.br

O Procon Campina Grande não registrou nenhuma infração, no primeiro final de semana com horário de funcionamento ampliado para o segmento de bares, lanchonetes e restaurantes. Os estabelecimentos, que a partir do último sábado, 5, passaram a funcionar de 11h até 1h da madrugada, seguiram todos os protocolos recomendados pela Secretaria de Saúde do município, conforme avaliação do coordenador executivo do órgão, Rivaldo Rodrigues.

“Mesmo com o horário anterior, que era de 11h às 15h e das 18h à meia-noite, os bares e restaurantes da cidade já estavam dando essa resposta aos órgãos de fiscalização. E isso se repetiu agora, com o final de semana prologando, devido ao feriado de Sete de Setembro. Fizemos visitas noturnas aos estabelecimentos, nos principais bairros da cidade e distritos, e não registramos nenhuma infração. Acreditamos que isso seja resultado do intenso trabalho educativo que foi feito, durante toda a quarentena, pelo Procon e por outros órgãos do município”, explica Rivaldo.

Nas visitas realizadas pelos fiscais do Procon Municipal aos bares, restaurantes e lanchonetes da cidade, são entregues material educativo, máscaras e são observados alguns itens do Protocolo Sanitário do município, como: se há cartazes proibindo a entrada de pessoas sem máscaras no local, se estão obedecendo o distanciamento de 1,5 metro entre cada mesa e se a ocupação máxima de apenas 50% da capacidade do espaço está sendo cumprida. Além disso, deve ser disponibilizado álcool em gel 70%, para clientes e funcionários. Mais informações, sobre todas as medidas, podem ser obtidas no Protocolo disponibilizado no site do Procon Municipal.

PB Agora

Notícias relacionadas

Professor Luiz Júnior morre por complicações da Covid-19, em JP

O professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e ex-secretário de educação de João Pessoa, Luiz de Sousa Júnior, morreu na noite desta quarta-feira (3) por complicações da Covid-19. Ele…

Macaco bagunceiro entra em casa, pega faca, e provoca transtorno em família no Sertão da PB

Um fato inusitado chamou atenção dos moradores de Sousa no Sertão paraibano. Um macaco bagunceiro e trapalhão, entrou em casa, pegou uma faca subiu no telhado e causou transtornos a…