Por pbagora.com.br

 A juíza Cristina Garcez declarou a incompetência da Justiça Federal para julgar uma ação que envolve o senador Cícero Lucena e o ex-prefeito de João Pessoa Luciano Agra. O ex-prefeito foi acusado pelo senador tucano da prática dos crimes de difamação e injúria.

 

É que numa entrevista a uma emissora de rádio da Capital, Luciano Agra teria acusado Cícero Lucena e o deputado federal Ruy Carneiro de sabotarem o projeto do bairro São José. “Eles estão, na realidade, se nivelando com os piores marginais que existem na cidade de João Pessoa, porque vários grupos de marginais estão aderindo a esse movimento contra a Prefeitura, inclusive fazendo ameaças a pessoas aqui da cidade de João Pessoa e querendo criar o maior tumulto”.

 

De acordo com a juíza Cristina Garcez, o foro competente para julgar a querela não é a Justiça Federal, mas a Justiça comum. “Inconteste, pois, que as declarações levadas a público e de onde se extrai a expressão “se nivelando com os piores marginais que existem na Cidade de João Pessoa” não dizem respeito a Senador da República no exercício de suas funções, nem com estas se relacionam, a ditar a incompetência da Justiça Federal”.



JPOnline

Notícias relacionadas

Vereadora Dona Fátima celebra 100 dias de mandato com aprovação de requerimento, visitas e pedido de vacinas

Ao completar os 100 primeiros dias de mandato na Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG), a vereadora Maria de Fátima Melo Silva, mais conhecida como Dona Fátima (PODEMOS), comemorou a…

Covid: Paraíba registra a menor taxa de ocupação de leitos desde o início de março

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta segunda-feira (19), 904 casos de Covid-19. Entre os confirmados hoje, 37 (4,09%) são casos de pacientes hospitalizados e 867 (95,90%) são…