Por pbagora.com.br

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), apreendeu um carro de luxo avaliado em cerca de R$ 200 mil reais. Segundo a PRF, o veículo chegava a Campina Grande e durante abordagem foi constatada adulteração na placa e no chassi, configurando clonagem.
A ação da PRF aconteceu no posto policial de Santa Terezinha, na BR-230, já em Campina Grande.

Durante fiscalização, os policiais verificaram a adulteração e confirmaram que o carro se tratava de um veículo roubado em Guamaré, município do Rio Grande do Norte, em agosto de 2018.
De acordo com a PRF, o condutor do veículo, que passava férias na Paraíba, comprou o carro sem saber da fraude, pagando a quantia de mais de R$ 200 mil e foi vítima da quadrilha especializada em clonagem de veículos.

Durante a ação policial, o motorista também foi encaminhado para ser ouvido para prestar os esclarecimentos, mas não foi detido.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Homem morre após ser atingido por pedra de duas toneladas que despencou de serra, na PB

Um homem de 27 anos, identificado como Marcos Antônio Alves da Costa, morreu após ser atingido por uma pedra que despencou de uma serra, na zona rural de Serra Branca,…

PB Agora/Datavox: Capitão Anderson lidera índice de rejeição em São Bentinho

O Capitão Anderson, do PL, que está na disputa pela prefeitura de São Bentinho, nas eleições municipais desse ano, aparece liderando a rejeição na PB Agora/Datavox, divulgada nesta sexta-feira (25),…