Por pbagora.com.br

 Enquanto a previsão da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) é de que as chuvas na Paraíba ocorram dentro da média neste ano de 2015, o que traz um alento e renova as esperanças para os agricultores e moradores de regiões que vêm sofrendo com a escassez de chuvas a realidade dos mananciais ainda preocupa.

 

Segundo o presidente da Aesa, João Fernandes, praticamente todos os reservatórios já receberam água no Estado. Destes, o que apresentou maior ganho foi o de Coremas, que aumentou mais de 10 milhões de metros cúbicos de água. Os mananciais mais castigados, segundo o presidente, são os da região do Cariri. Em relação ao açude Epitácio Pessoa, na cidade de Boqueirão, que estava até ontem com 20,7% de sua capacidade, o presidente afirmou que não há motivo para preocupação.

 

A perspectiva da Aesa é de que as precipitações ocorram dentro da média nas regiões do Agreste, Brejo e Litoral. Já nas regiões do Sertão, Alto Sertão e Cariri, as chuvas tendem a ficar de dentro da média ou ligeiramente abaixo.

 

Em comparação aos três anos anteriores, de 2012 a 2014, que foram de falta de chuvas, a previsão é considerada animadora.

Redação com Aesa

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Secretário explica logística e distribuição das vacinas contra a covid-19 na PB

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, detalhou como será o processo de recepção, logística e distribuição das vacinas contra a covid na Paraíba. De acordo com o secretário,…

“Prontos e preparados”, diz Cícero Lucena após aprovação de vacinas pela Anvisa

O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, chamou de “dia histórico”, este domingo (17) após aprovação pela Anvisa do uso emergencial das vacinas de Oxford e CoronaVac. O órgão aprovou…