Por pbagora.com.br

Os 11 presos na manhã desta terça-feira (03), durante a Operação Xeque-Mate da Polícia Federal, na cidade de Cabedelo, chegaram ao Tribunal de Justiça da Paraíba onde passarão por audiência de custódia.

As informações são de que cada envolvido será ouvido de forma individual.

De acordo com o advogado do vereador Antônio do Vale, Raoni Vita, a defesa ainda não teve acesso à íntegra do processo, então de início eles terão que detalhar o que existe de concreto para aí sim elaborar a defesa.

De antemão ele adiantou que será pedida a revogação da prisão preventiva do parlamentar.

“Na audiência de custódia trataremos da necessidade ou não da prisão preventiva e no caso do nosso constituinte ela é desnecessária” disse.

Antônio do Vale é um dos vereadores presos pela Polícia Federal.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Senado aprova propostas de empréstimos para a saúde e saneamento na PB

O Senado Federal aprovou, nesta terça-feira (20), as propostas que garantem a Paraíba contrair empréstimos no valor de US$ 126,87 milhões do Banco Mundial para investimentos em saneamento e de…

PB realiza pesquisa inédita no Brasil para avaliar situação do coronavírus no estado

O Governo do Estado da Paraíba realizará um levantamento pioneiro no Brasil para avaliar a situação do estado na pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Entre os dias 3 de novembro…