O presidente Jair Bolsonaro recebeu alta médica do hospital Vila Nova Star, em São Paulo, no início da tarde desta segunda-feira, 16. Ele estava internado desde o dia 8 de setembro para uma cirurgia de correção de uma hérnia.

Segundo o porta-voz Otávio Rêgo Barros, apesar da alta, o vice Hamilton Mourão segue no exercício da presidência até quarta-feira. Por recomendação dos médicos, Bolsonaro deverá dedicar-se nos próximos dias apenas à sua recuperação, que inclui sessões de fisioterapia. “Isso permitirá ao senhor presidente um descanso ainda maior para uma recuperação mais rápida”, disse o porta-voz.

Rêgo Barros também afirmou que a viagem para Nova York, onde Bolsonaro discursará na Assembleia Geral da ONU, foi adiada em um dia — originalmente, ele embarcaria em 22 de setembro. O discurso do presidente na abertura do evento está marcado para o dia 24 de setembro. No dia 25, Bolsonaro irá ao Texas para um encontro com um grupo de empresários da área de segurança e, depois, voltará para o Brasil.

Bolsonaro foi submetido ao procedimento no dia 8 de setembro, em São Paulo, em decorrência da série de cirurgias pela qual passou após sofrer um atentado a faca durante um ato de campanha em Juiz de Fora (MG), em 6 de setembro do ano passado.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

TCE-PB desarquiva todos os processos de contratos das Organizações Sociais investigadas na Calvário

A partir desta segunda-feira (27), o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba desarquiva  todos os processos relacionados aos casos investigados pela Operação Calvário. Na  decisão serão revistos, inclusive, as deliberações tomadas…

Deputado Jeová Campos passa bem, mas pode ser transferido para JP nesta segunda

O estado de saúde do deputado estadual Jeová Campos é estável e ele permanece no hospital Santa Terezinha, em Sousa, onde se recupera após sentir-se mal na tarde deste domingo…