A Paraíba o tempo todo  |
PUBLICIDADE

Prefeitura Municipal de João Pessoa diz que última ambulância da antiga frota saiu de circulação

A Prefeitura Municipal de João Pessoa, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), informou que está investindo na ampliação dos veículos para rede assistência do município e no atendimento aos pacientes. Desde o início do ano toda a frota do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi renovada e, a partir do mês de outubro, será lançado oficialmente o Transporte Cidadão. Ao todo são 31 veículos disponibilizados à população através dos dois programas. Além da ampliação, a PMJP também tem investido na renovação da frota. A última unidade da antiga frota foi retirada de circulação no último dia 15.

Só este ano, no mês de julho, 16 veículos foram entregues ao Samu para renovação de sua frota, além de 7 motolâncias, um serviço que tem por intenção agilizar o atendimento de urgência, posto em funcionamento em fevereiro deste ano. Já o serviço de Transporte Cidadão oferecerá 8 veículos para facilitar o traslado dos usuários dos serviços de saúde que possuem dificuldade de locomoção.

Desde 2006 foram atendidas mais de 250 mil pessoas pelo Samu e a renovação objetivou melhorar a qualidade no atendimento à população e promover a economia na manutenção dos veículos. Cláudio Régis, coordenador geral do Samu, ressaltou que, com essas novas ambulâncias, a população está sendo atendida com mais conforto, qualidade no atendimento e mais tecnologia, além da redução com gastos e despesas relacionadas à manutenção de veículos.

O programa Transporte Cidadão tem o intuito de facilitar o traslado dos usuários dos serviços de saúde que possuem dificuldade de locomoção. A ação deve beneficiar usuários de todo município possuirá uma unidade avançada para deslocamentos inter hospitalares, três unidades básicas para deslocamentos inter hospitalares e cinco unidades de transporte eletivos, distribuídas entre os cinco Distritos Sanitários do Município.

A secretária de Saúde Roseana Meira afirmou que o Transporte Cidadão auxiliará pacientes com alguma dificuldade de locomoção, como idosos lesionados ou mulheres com gravidez de risco. O serviço será regulado e o usuário que precisar do atendimento deverá ser encaminhado à Regulação pela USF em que está cadastrado. Todas as unidades estarão à disposição da população a partir do dia 15 de outubro.

 

Assessoria

 

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe