Por pbagora.com.br

A Secretaria de Agricultura de São José de Espinharas deu início ao serviço de corte de terras nas comunidades rurais. A ação acontece em função da necessidade do plantio do algodão orgânico colorido que será desenvolvido nas comunidades rurais como resultado de uma parceria entre Município e Empaer-PB, órgão vinculado ao Governo do Estado.

Segundo o secretário de Agricultura, Aluísio Alves, além do corte de terras para o plantio do algodão orgânico o Município irá assegurar o serviço para outros tipos de cultivo, como hortaliças, milho, feijão, todos sem agrotóxicos, tanto para consumo da comunidade, quanto para comercialização dos produtos.

Toda ação é ordenada pelo prefeito Netto Gomes, que tem reforçado a necessidade de auxiliar o produtor rural, sobretudo nesse período de pandemia.

“O prefeito Netto Gomes já ordenou essa ação e estamos aguardando apenas o início da chuva com mais intensidade, uma vez que o produtor depende desse fator”, explicou

Notícias relacionadas

Opinião: O “mimimi” de Bolsonaro é cortina de fumaça para o escândalo da mansão

O presidente Jair Bolsonaro despenca na popularidade, segundo as pesquisas mais recentes. Apesar de tudo, Bolsonaro continua polemizando com um discurso na contramão das expectativas do País, desdenhando da grave…

Desembargador Ricardo Porto decide que cachorro não pode ser autor de ação de indenização

O desembargador José Ricardo Porto manteve a decisão do Juízo da 5ª Vara Cível da Comarca da Capital, que entendeu não ser possível admitir que um cachorro possa figurar em…