A Paraíba o tempo todo  |

Prefeitura de Patos é investigada pelo MPPB por nomear suposta funcionária fantasma para chefia de Mercado Público

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A Prefeitura de Patos, sob a gestão do atual prefeito, Nabor Wanderley (Republicanos), está sendo investigada pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) pela suposta nomeação de uma funcionária fantasma para chefiar o Mercado Público do município.

De acordo com a denúncia, a servidora Alanna Gadelha da Silva foi contratada para o cargo, mas não comparece ao mercado e recebe os vencimentos normalmente.

O promotor de Justiça José Carlos Patrício, que é responsável pelo caso, determinou que a Prefeitura de Patos encaminhe a relação de todos os servidores que trabalham no Mercado Público para dar prosseguimento à investigação.

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      18
      Compartilhe