Em nota oficial encaminhada à imprensa, a prefeitura municipal de Conde se manifestou sobre a renúncia do vice-prefeito e atribuiu sua saída da gestão ao fato de o ex-gestor ter sido flagrado pelo Tribunal de Contas do Estado acumulando ilegalmente cargos públicos.

Na nota, a gestão ainda rebateu as acusações de perseguição política, alegada pelo ex-vice-prefeito.

LEIA TAMBÉM: Em carta aberta, vice-prefeito de Conde surpreende e renuncia ao mandato; Leia

CONFIRA NA ÍNTEGRA

NOTA OFICIAL – RENÚNCIA DO VICE-PREFEITO

Sobre a renúncia do vice-prefeito de Conde:

1 – A Prefeitura Municipal de Conde atribui a renúncia do vice-prefeito ao fato de ele ter sido flagrado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) cometendo acumulação de cargo público, o que é vedado por lei;

2 –  O TCE notificou a Prefeitura sobre a ilegalidade, e a Secretaria de Administração do Município procedeu de forma a que o então vice-prefeito optasse por uma das remunerações e sanasse a ilegalidade, o que ele se recusou a fazer, obrigando a Prefeitura a suspender o subsídio a que ele tinha direito sob pena de o município também afrontar a legislação em vigor;

3 – A Prefeitura considera fantasiosa a afirmação do renunciante apresentada em carta encaminhada à Câmara Municipal de que seria vítima de perseguições por parte de integrantes da Gestão Municipal, fato que teria causado a renúncia;

4 – Na verdade, ele resolveu politizar a opção que fez: a de não assumir suas responsabilidades de gestor público permanecendo no cargo e renunciando ao outro emprego. Optou por mentir quanto à realidade dos fatos, traindo a confiança dos que acreditaram no seu anunciado intento de contribuir com trabalho para o desenvolvimento do Município;

4 – A Prefeitura rejeita as acusações descabidas aos integrantes da equipe gestora, e lamenta o desfecho decepcionante da curta trajetória política de um cidadão que se acovardou diante dos desafios políticos e administrativos impostos àqueles realmente com coragem de lutar em defesa da população condense.

 

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“Nós vamos estar prontos caso isso ocorra” diz João sobre óleo nas praias

Após reunião técnica para debater a questão do óleo que está castigando o litoral nordestino, mas que ainda não chegou à Paraíba, o governador João Azevêdo (PSB) detalhou no início…

Coordenador do Bolsa Família de CG concede coletiva para esclarecer denúncia

O coordenador municipal do Bolsa Família em Campina Grande, Rubens Nascimento, irá conceder uma entrevista coletiva ainda na manhã desta terça-feira (22), para prestar com detalhes todas as informações sobre…