Por pbagora.com.br

A Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seduc), realizou nesta terça-feira, 01 de setembro, a abertura da Semana da Pátria. A solenidade de hasteamento aconteceu na Praça da Bandeira, às 8h, com participação da Filarmônica Epitácio Pessoa.

Antes da solenidade foi realizado um minuto de silêncio, em memória dos músicos Carlinhos Ysnai e do major Heraldo, ex-regente da Filarmônica de Campina Grande. Participaram deste primeiro dia de hasteamento das bandeiras o secretário municipal de Educação, Rodolfo Gaudêncio; a diretora de

Apoio às Escolas da Seduc, Elizabete de Lima Almeida e o 1º combatente Francisco Joel Bezerra Silva, representante da Associação de Militares das Forças Armadas (Asmfa).

Este ano, devido à pandemia do novo coronavírus e em respeito às medidas de prevenção à Covid-19 (como o distanciamento social) a programação será restrita ao hasteamento e arriamento das bandeiras de Campina Grande, da Paraíba e do Brasil, sempre às 8h e 18h, respectivamente.

“Esta seria uma semana de muitas festividades e de celebração da nossa pátria e dos símbolos nacionais. Devido à situação pandêmica em que vivemos, consideramos prudente restringir todas as atividades para uma programação simbólica, com o objetivo de respeitar o distanciamento e preservar o público”, ressaltou o secretário.

A programação será encerrada no dia 07 de Setembro, com a presença do prefeito Romero Rodrigues, representantes do 31º Batalhão de Infantaria Motorizada (BIMTZ) e do 2º Batalhão da Polícia Militar (BPM).

PB Agora

Notícias relacionadas

Estado deve indenizar homem que passou seis meses preso indevidamente na PB

Estado deve indenizar homem que passou seis meses preso indevidamente A Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba deu provimento parcial à Apelação Cível nº 0800800-85.2017.8.15.0331, oriunda da…

Covid: em 24h, Paraíba registra 910 novos casos e 32 mortes

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta terça (02), 910 casos de Covid- 19. Entre os confirmados hoje, 102 (11,2%) são casos de pacientes hospitalizados e 808 (88,8%)…