A Controladoria-Geral da União (CGU), constatou que a Prefeitura de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba, não conseguiu comprovar gastos de cerca de R$ 300 mil com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Os dados estão contidos no relatório da CGU divulgado essa semana.

De acordo com as informações da CGU,  a prefeitura recebeu pouco mais de R$ 18 milhões para a “Manutenção e Desenvolvimento do Ensino destinadas à Educação Básica Pública”, dos quais não conseguiu comprovar o uso do valor mencionado no primeiro parágrafo.

A CGU constatou ainda, a não realização da movimentação dos recursos exclusivamente na conta bancária específica do Programa o que, segundo o relatório, contraria o disposto no art. 2° do Decreto n° 7.507/2011 de autoria do Ministério da Educação.

As irregularidades apontadas no relatório da CGU serão enviadas para o Ministério Público Federal.

Confira trecho do relatório:

""

Redação


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Homem morre durante pescaria, na Grande João Pessoa

O dono de uma granja, no bairro do Açude em Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa, tomou um susto na manhã desta terça-feira (22) ao encontrar o corpo de…

Paulo Maia recebe medalha e João de Deus cidadania paraibana, na ALPB

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), Paulo Maia, e o vice-presidente, João de Deus Quirino Filho, receberão, respectivamente, medalha de mérito jurídico Tarcísio de Miranda…