Por pbagora.com.br

A Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) propôs, ao Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) por meio do presidente, desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos, a suspensão dos pagamentos e os bloqueios mensais referentes aos precatórios dos municípios, por um prazo de 90 dias. Os prefeitos estão preocupados diante da situação de emergência que o novo coronavírus impôs a todos os seguimentos da sociedade, impactando negativamente nas contas públicas.

Segundo o presidente da Famup, George Coelho, a medida evitaria um colapso das contas públicas, permitindo que os Municípios continuem a honrar com o pagamento de servidores, prestadores de serviços, fornecedores, entre outros, evitando, assim, que o impacto negativo da queda da arrecadação seja refletida nos serviços prestados à população.

George lembra que os municípios, em especial os pequenos, têm enfrentado uma situação caótica, uma vez que os recursos, muitos oriundos do recolhimento do ICMS e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), irão reduzir, ao longo dos meses durante o período de enfrentamento da pandemia pelo coronavírus.

“A escassez de recursos levará à inevitável dificuldade de cumprir com os compromissos, em especial o pagamento de funcionários e prestadores de serviços. Dessa forma, solicitamos essa suspensão ao Tribunal de Justiça da Paraíba”, destacou George Coelho.

 

Redação

Notícias relacionadas

16 de maio: PMCG presta homenagem a garis em data que comemora seu dia

Hoje, 16 de maio, é o Dia do Gari, profissional responsável por manter as ruas, praças, canais, galerias e terrenos baldios, limpos  de todo lixo gerado naturalmente ou por ação…

Litoral paraibano tem 12 trechos de mar impróprios ao banho durante essa semana

Quem deseja aproveitar o pouco de sol previsto para este domingo nas praias paraibanas devem evitar pelo menos 12 trechos do litoral que está impróprios ao banho e devem permanecer…