Um prédio antigo localizado no Ponto de Cem Réis, no Centro de João Pessoa, foi desapropriado para criação de shopping popular.

O decreto criando o shopping foi publicado pela prefeitura em outubro de 2018, mas a desapropriação do prédio só foi obtido pela Prefeitura de João Pessoa nesta quarta-feira (12).

Aproximadamente 350 vendedores ambulantes, definidos depois um processo que foi iniciado em outubro de 2019, vão ser alocados no prédio. O objetivo, de acordo com o documento, é oferecer um espaço comercial para que os comerciantes informais (ambulantes) da capital tenham “local digno e espaços adequados ao desenvolvimento de suas atividades e meios de subsistência”.

O decreto autoriza que a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) e a Procuradoria Geral do Município adotem as providências necessárias à desapropriação amigável ou judicial do imóvel declarado de utilidade pública.

Conforme o documento, o prédio tem cinco pavimentos, compreendendo áreas de lojas no térreo e unidades definidas como salas para usos diversos nos quatro andares superiores. O edifício tem 54 unidades, além de áreas de circulação, elevador e subsolo, totalizando uma área aproximada de terreno de 765 m².

O decreto autoriza que a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) e a Procuradoria Geral do Município adotem as providências necessárias à desapropriação amigável ou judicial do imóvel declarado de utilidade pública.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Calvário: Mendes cobra esclarecimentos do TJ sobre informações desencontradas

Em atendimento a um pedido da defesa do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), no âmbito da Operação Calvário, diante do desencontro de informações que são repassadas a defesa e as despachadas…

PP, de Aguinaldo Ribeiro, emplaca prefeitura de Santa Rita

O prefeito de Santa Rita, Emerson Panta, também é um dos quadros da política atual que decidiu abandonar o ninho tucano. O gestor, assim como outras lideranças políticas, a exemplo…