A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) interditou um imóvel localizado na avenida Visconde de Pelotas, esquina com a rua Dom Ulrico, no Centro Histórico, que apresentava problemas na sua estrutura. O prédio é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e também pelo Instituto Patrimônio Histórico Artístico do Estado (IPHAEP).

A interdição foi realizada pela Secretaria de Meio Ambiente (Semam), Coordenadoria Municipal de Defesa Civil e Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), junto com Corpo de Bombeiros.

O imóvel está com as paredes cobertas por vegetação, comprometendo a estrutura, que corre risco de desabar. Para evitar um acidente, a área foi interditada. Técnicos da Semam e Seinfra vão retirar a vegetação das paredes e instalar uma estrutura de madeira para evitar que elas desabem e atinjam os pedestres.

Segundo o IPHAEP, aproximadamente 90 imóveis em João Pessoa estão sendo monitorados por apresentarem algum comprometimento na sua estrutura física. Os proprietários já foram notificados pelo Ministério Público para que tomem as providências, evitando o desmoronamento.

 

Secom-JP

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vigilância Ambiental intensifica controle da calazar em CG

Os casos de Leishmaniose Canina, conhecida popularmente como Calazar, têm preocupado a Coordenação de Vigilância Ambiental, da Secretaria de Saúde de Campina Grande, que está intensificando o trabalho de coletas,…

Lígia visita Porto de Cabedelo e destaca importância do equipamento

A governadora em exercício, Lígia Feliciano, realizou, neste sábado (16), uma visita técnica ao Porto de Cabedelo, ocasião em que discutiu investimentos e melhorias para o equipamento. Logo em seguida,…