A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) realizou pesquisa sobre o preço de brinquedos para os pais que pretendem presentear os filhos no Dia da Criança, nesta sexta-feira (12). O Procon-JP encontrou uma variação de até 130,77% em alguns produtos. Foram pesquisados 451 itens em sete estabelecimentos da Capital. A pesquisa completa pode ser encontrada no link  https://midi.as/hFt2

A maior diferença de preço encontrada pelo Procon-JP foi do brinquedo “Carro Carregadeira Still”. Enquanto o mesmo produto por ser encontrado por R$29,90 nas Lojas Americanas, é vendido por R$69,00 na Loja Brinquedos e Presentes, no bairro de Tambaú. A diferença no mesmo produto chega a uma variação de 130,77%. Outro produto, cuja variação chega a 100% é a Barbie Básica, que é vendida por R$19,99 nas Lojas Americanas e por R$39,99 na Le Biscuit.

O Procon-JP também detectou as menores diferenças de preços. A boneca Baby Alive Papinha Divertida é vendida por valores que vão de R$299,90 a R$299,99, configurando uma variação de 0,03%. O Procon-JP também detectou uma série de produtos cujas variações estão inferiores a 5%.

O Procon-JP alerta aos pais para que, além de pesquisar os preços e verificar onde comprar mais barato, já que existem grandes diferenças nos preços para uma mesma marca e modelo, também prestem atenção à qualidade.  A orientação é ficar atento ao selo de qualidade do Inmetro e as especificações técnicas do produto nas embalagens, a exemplo da compatibilidade com a idade, por questões de segurança.

 

 

Redação

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

POLÊMICA: Conselho de Psicologia repudia fala de Eliza sobre depressão e critica desrespeita ao sofrimento humano

A recentes declarações da vereadora Eliza Virgínia, que declarou ter oferecido uma arma para um amigo com depressão que confidenciou a ela que queria tirar a sua própria vida, vêm…

Mais de 2.600 cartões do Passe Legal foram bloqueados em setembro, em JP

Durante o mês de setembro, o sistema da biometria facial, que opera nos ônibus da capital, detectou a possibilidade de acesso irregular nos coletivos 83.628 vezes. Após verificação, ficou constatado…