Por pbagora.com.br

Na última quinta-feira, dia 15 de maio, o professor do Departamento de Psicologia da UEPB, Nelson Junior, que também é pré-candidato a Senador pelo PSOL, deu entrada no Ministério Público Paraibano, através da curadoria do patrimônio, na cidade de Campina Grande, com uma representação contra o governador Ricardo Coutinho, tendo por base as declarações do governador a uma emissora de rádio da cidade com o seguinte teor:

“agora a verdade é essa: nós estamos preparados para fazer qualquer tipo de debate. Se eu me calei em 2011, eu não vou me calar agora, não. Agora a verdade vai vir à tona. Com dados, com fatos sobre a Universidade Estadual da Paraíba, que pertence ao povo da Paraíba. Não pertence a meia dúzia de pessoas, não. E muito menos a um Senador”.

Segundo o professor Nelson Júnior o governador do Estado não pode “guardar segredos” a respeito de temas que se relacionem a gestão administrativa-financeira da UEPB. Assim, ele solicita que sejam tomadas iniciativas no sentido de cobrar do governador do Estado da Paraíba esclarecimentos sobre os aspectos ocultos relacionados a UEPB, que foram citados no seu pronunciamento. Quais verdades precisam vir a tona? Quais dados e fatos sobre a UEPB encontram-se nas sombras? Quais pessoas estariam tratando a Universidade Estadual como propriedade privada? Qual Senador estaria se apropriando da UEPB, e quais fatos indicam essa postura?

Por fim, o pré candidato a Senador pelo Psol solicita ao Ministério Público Paraibano iniciativas no sentido de identificar se o governador Ricardo Coutinho prevaricou no exercício do cargo de governador.



Assessoria de Imprensa

Notícias relacionadas

Autorizado estado de Calamidade Pública em mais 45 municípios da Paraíba

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) autorizou, nesta terça-feira (13), o Decreto de Estado de Calamidade Pública para mais 45 municípios em consequência da pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19).…

Índice de inadimplência dos MEIs na PB chega a 44% em fevereiro

Um levantamento realizado pela Unidade de Gestão Estratégica e Monitoramento do Sebrae Paraíba aponta que, em fevereiro deste ano, 44,25% dos microempreendedores individuais do estado estavam inadimplentes em relação ao…