O prazo das inscrições para o Curso de Formação de Oficiais (CFO) da Polícia Militar entrou na reta final e os interessados em concorrer a uma das vagas devem acessar o site da PM (www.pm.pb.gov.br), até às 23h59 da próxima terça-feira (30), para garantir a participação no concurso. A taxa cobrada é a mesma do ano passado e custa R$ 50. O cargo tem remuneração inicial de mais de R$ 7.200, que é o valor pago ao primeiro posto de oficial, o 2º tenente.

No site, o candidato deve ir até a barra de menu, acessar o espaço “informações”, depois clica em “concurso” e, logo após, em “concurso público”. Esse procedimento vai direcionar o candidato para a página do concurso CFO 2020. Lá, vai ter um link na parte de inscrições para ser acessado, onde, com o número de CPF, o interessado em concorrer começa a fazer a inscrição. É necessário já estar inscrito no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM 2019), que é a primeira etapa do concurso.

Entre os requisitos exigidos para concorrer, estão a idade – completar entre 18 e 32 anos no ano da matrícula no curso, que é 2020 – e a altura (1,65 m para homens e 1,60 m para mulheres). As outras exigências podem ser consultadas no edital, disponível no site da PM.

O concurso tem cinco fases: a intelectual, os exames de saúde, os de aptidão física, psicológica e avaliação Social. A primeira etapa, o ENEM, acontecerá nos dias 3 e 10 de novembro. Candidatos classificados em até 5 vezes o número de vagas, serão chamados para as demais fases do concurso. São 25 vagas para candidatos do sexo masculino e 5 para o feminino.

O cargo – A formação prepara o profissional para comandar e coordenar as ações de segurança pública, além do assessoramento ao comando, gerenciando também os recursos humanos e logísticos. O oficial é responsável também pelo planejamento de ações e operações, desenvolvendo processos e procedimentos administrativos militares, de estudos técnicos e capacitação profissional, a fim de proteger e preservar a vida dos cidadãos e garantir o pleno exercício dos seus direitos.

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Famintos: justiça aponta mais votado de CG como articulador de fraudes

O vereador Renan Maracajá (PSDC), preso nesta quinta-feira (22), na segunda fase da Operação Famintos, foi apontado no despacho do juiz Vinícius Costa Vidor, da 4ª Vara Federal de Campina…

Imagens flagram homem se masturbando perto de mulheres em rua de CG

“Atentado ao pudor”. Imagens de uma câmera de segurança flagraram a ação de um homem que teria tentado estuprar duas jovens na tarde de ontem, quarta-feira (21), no bairro Malvinas,…