Por pbagora.com.br

Até ontem 75  postos de combustíveis havian sido notificados por suspeita de aumento abusivo no preço,, segundo informou a Secretaria de Comunicação de João Pessoa (Secom-JP), no início da noite desta quinta-feira (24). Os donos dos estabelecimentos vão ter que apresentar a planilha de gastos, com as notas fiscais, para justificar a alta nos preços.

A fiscalização foi realizada pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP). A fiscalização, que começou na manhã de quarta-feira (23), verifica se os aumentos estão sendo praticados de forma abusiva, ultrapassando o índice dos reajustes editados pela Petrobras este ano. As multas podem chegar a R$ 30 mil, além da suspensão das atividades comerciais.

Redação

Notícias relacionadas

Vacinação de pessoas de 35+ com comorbidades continua nesta terça-feira

Prefeitura começa a vacinar pessoas de 25+ com deficiência nesta terça-feira A Prefeitura de João Pessoa começa a vacinar, nesta terça-feira (11), as pessoas de 25 anos de idade ou…

Opinião: Por favor, senhores, não constranjam Juliette com suas “homenagens”

A arretada Juliette Freire, paraibana de Campina Grande, é merecedora de muitas homenagens. Sejam elas da Paraíba ou de qualquer outro lugar do Brasil. Pela grandeza com que se postou…