A possibilidade de decreto de lockdown, ou bloqueio total nas cidades da Grande João Pessoa fez os gestores das cidades de Cabedelo e Bayeux divergirem.

Para o gestor de Cabedelo, Vitor Hugo, a cidade poderá se submeter ao sistema de ‘lockdown’, já que já adota medidas bem restritivas que incluem a paralisação da atividade de construção civil privada e a utilização da faixa de praia, pelos moradores e visitantes.

Já Kita, prefeito em exercício de Bayeux, o sistema de lockdown exige uma logística que a cidade ainda não consegue implementar.

Segundo o prefeito, nesse momento, manter as pessoas em suas casas não é pertinente e ainda apontou a dificuldade que seria para que houvesse esse isolamento mais rígido.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Queda na arrecadação não afasta parcela do 13º da ativa nos próximos meses

A pandemia, além de consequências ao sistema de saúde, traz também danos à economia da Paraíba, a exemplo da queda na arrecadação causada pelas medidas de distanciamento social necessárias para…

Raoni anuncia novos nomes responsáveis por tecnologia no plano de metas para JP

O pré-candidato à prefeitura de João Pessoa, Raoni Mendes (DEM), anunciou, nesta terça-feira (7), os nomes responsáveis pelas propostas de Big Data e Inteligência Artificial, que vão compor a sua…