Por unanimidade, a Câmara Municipal de João Pessoa aprovou, durante sessão remota nesta segunda-feira (20), a Medida Provisória que trata da abertura de crédito extraordinário de mais de R$ 45 milhões no Orçamento da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), para ações de combate à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) na Capital, conhecida como Orçamento de Guerra.

As despesas com o crédito correrão por anulação de dotações orçamentárias da SMS e Fundo Municipal de Saúde (FMS) e por conta da arrecadação de recursos transferidos em forma de crédito especial, através do Fundo Nacional de Saúde (FNS) para o FMS, exclusivamente para atender as despesas relacionadas ao combate à pandemia do Coronavírus (Covid-19).

Na mesma sessão a MP foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Apesar de ter votado a favor da matéria, o vereador Bruno Farias, membro da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, ao manifestar seu voto favorável a abertura do crédito, solicitou a criação de uma comissão para acompanhar os gastos, prevista em projeto do vereador Renato Martins.

“Do ponto de vista da constitucionalidade não encontro obstáculos, sou favorável à aprovação, mas uma coisa é a análise constitucional e outra é o ato político e responsabilidade pública que temos de fiscalizar recursos públicos

Não foi aprovada a criação de uma comissão durante esta sessão. A votação do projeto do vereador Renato Martins, deve acontecer na próxima quinta-feira (23).

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Justiça derruba decisão de Tyrone e proíbe abertura do comércio em Sousa

O juiz Natan Figueiredo Oliveira proibiu a reabertura do comércio na cidade de Sousa, no Sertão da Paraíba, determinada pelo prefeito Fábio Tyrone. De acordo com o juiz, que acatou…

Dívidas trabalhistas: Justiça autoriza leilão do Mussulo Resort

Localizado no município do Conde, Litoral Sul da Paraíba e alvo de denúncias de dívidas trabalhistas, o resort de luxo Mussulo by Mantra irá a leilão. A decisão foi do…