Por pbagora.com.br

Por conta do cancelamento das aulas nas universidades públicas e privadas, bem como, nas escolas devido o avanço preocupante do coronavírus, a frota de ônibus será reduzida em Campina Grande. Com menos gente se deslocando para as escolas e universidades, a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP}, achou por bem determinar que as empresas reduzissem a frota no período de “quarentena”.

O superintendente da STTP, Félix Neto, publicou na manhã desta terça-feira, 17, um decreto administrativo com medidas de prevenção ao contágio novo coronavírus, o Covid-19.
De acordo com Félix Neto, e seguindo as orientações do prefeito Romero Rodrigues, no âmbito da STTP foi determinada a disponibilização de locais com álcool em gel, além da realização de campanhas educativas e de orientações recomendadas aos servidores efetivos, contratados, estagiários, colaboradores e ao público em geral.

Para isso, serão utilizados cartazes, rádio web, informações no site e mídias sociais do órgão, especificamente para que não compartilhem de objetos pessoais, além da intensificação de higienização de todo o ambiente da STTP.

Conforme ordem de serviço emitida aos consórcios de transporte coletivo, na medida que os serviços públicos forem reduzindo, como aulas e funcionamento de repartições públicas, a oferta de transporte público será redimensionada em função da diminuição dos deslocamentos urbanos.
Ficou determinado para as empresas a higienização dos veículos, ao final de cada viagem e, especificamente, nos locais onde há um maior contato pelos passageiros, como as barras de apoio, roletas, etc.
Da mesma forma, na manutenção dos alçapões dos ônibus permanentemente aberto, para melhor circulação de ar.

Também está sendo sugerido que a população utilize mais o cartão Vale Mais Card, ao invés do dinheiro no pagamento da tarifa, numa medida que pode ajudar a todos neste momento.
Do mesmo modo há uma determinação para que as empresas de ônibus façam um treinamento com seus funcionários quanto a higienização dos veículos e fixação de cartazes nas garagens de ônibus quanto as medidas preventivas.

Taxistas – Também fica determinado aos motoristas de táxis sobre a necessidade de higienização dos veículos, da utilização e a disponibilidade de álcool em gel para os passageiros, além das demais ações preventivas.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Covid: Estado amplia em 100% leitos de UTI no Hospital de Clínicas de CG

O aumento na taxa de ocupação no Hospital de Clínicas (HC) de Campina Grande e a possibilidade de uma segunda onda da covid-19 levou a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PB)…

Campina Grande cancela shows no réveillon, mas mantém queima de fogos

A prefeitura de Campina Grande, atendendo recomendação dos Ministérios Públicos Estadual e Federal da Paraíba, cancelou os shows de Natal e fim de ano. O objetivo é conter a propagação…