Por pbagora.com.br

A decisão do PCdoB em Campina Grande em se alinhar ao MDB do senador José Maranhão pode atrapalhar os planos sobre uma eventual aliança com o PSB e o PSOL em uma eventual disputa pelo 2º turno do pleito. De acordo com a candidata a vice-prefeita de Campina Grande Sheylla Campos (PSB), que compõe chapa com o prefeitável Olímpio Rocha (PSOL), seu partido não se viu representado pela escolha do comunista em compor a chapa com a Dr. Tatiana Medeiros (MDB).

“Respeito o trabalho e a militância dele [Inácio], mas o PSB e o PSOL têm patamares que não coadunaram e não coadunam com a aliança feita. Principalmente na leitura da conjuntura política com o MDB. Nós não nos sentimos bem com essa aliança”, afirmou ela.

A socialista, inclusive, ressaltou que foi esse um dos motivos de sair do ‘Fórum Campina’, que visava reunir os partidos de esquerda de Campina Grande na intenção de formar uma oposição unida para as eleições para prefeito da cidade.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Aposta de Ribeirão Preto (SP) ganha sozinha R$ 76 milhões na Mega Sena

Uma aposta de Ribeirão Preto (SP) acertou as seis dezenas do concurso 2.320 da Mega-Sena, sorteadas em evento neste sábado (21) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de…

Aposta de JP acerta cinco dezenas da Mega Sena e embolsa quase R$ 53 mil

Um dos ganhadores da quina da Mega Sena, sorteada na noite de ontem, sábado (21), é de João Pessoa, Capital da Paraíba. A aposta foi feita na na Lotérica Escrete de…