Imagem Ilustrativa

Após sete dias de investigação, a Polícia Civil conseguiu localizar e prender o suspeito de matar um pescador no município de Queimadas, no interior da Paraíba. A prisão, decretada pela Justiça, foi realizada nesta sexta-feira (3), durante a operação “Luna” , deflagrada pela equipe do Núcleo de Homicídios e Grupo Tático Especial da Delegacia Seccional de Queimadas.

O preso é apontado pelas investigações como responsável pela morte de José Geraldo Gomes da Silva, mais conhecido como “Lozim”. Ele foi assassinado na última sexta-feira (28), com disparos de arma de fogo, enquanto pescava às margens de um riacho, localizado no Sítio “Luna”, na zona rural de Queimadas.

Segundo a Polícia Civil, a vítima tinha saído para pescar com dois amigos e, ao chegar ao sítio, foi abordado e atingido por disparos feitos pelo suspeito preso. José Geraldo ainda tentou fugir, mas não resistiu aos ferimentos.

Ao ser informada do fato, a Polícia Civil iniciou diligências e conseguiu identificar o suspeito preso nesta sexta-feira. Os policiais ainda conseguiram apreender dois revólveres e prender um outro homem flagrado durante a operação com a posse ilegal de armas de fogo.

 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Governo da PB presta contas das medidas tomadas até agora durante a pandemia

A contratação de profissionais de saúde, a ampliação de leitos, aquisição de testes rápidos para alta testagem da população e abertura de novos hospitais estão entre as principais medidas tomadas…

Improbidade: ex-prefeito de Catolé do Rocha deve ressarcir quase R$ 2 milhões ao erário

Durante o Mutirão da Meta 4, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), no âmbito do Judiciário estadual, o ex-prefeito do Município de Catolé do Rocha, Edvaldo Caetano da Silva, foi…