A polícia vai investigar as causas do incêndio de grandes proporções que destruiu parte de um pátio que armazena material reciclável de uma fábrica de cordas no na cidade de Puxinanã, na Região Metropolitana de Campina Grande. O incêndio começou na tarde deste domingo e os Bombeiros tiveram dificuldade para debelar as chamas que se espalharam rapidamente.

 

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a fábrica transforma material reciclado de garrafa pet em cordas. Não houve registro de feridos.

 

De acordo com os bombeiros, as chamas tiveram início no material reciclável. Os bombeiros foram chamados por volta das 12h40 e conseguiram evitar que o fogo se espalhasse para os galpões. Foram utilizados cinco carros do Corpo de Bombeiros e uma caminhão-pipa fornecido pela Prefeitura de Puxinanã.

Os bombeiros só conseguiram controlar o fogo no começo da noite.

 

Redação

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Empresa ServCloud se torna diferencial em mercado de inovação em JP

Na era digital e do avanço da tecnologia, uma empresa instalada em João Pessoa, tem demonstrado estar conectada com os novos tempos e se destacado no mercado virtual. Trata-se da…

Especial Setembro Amarelo: tratamento correto e apoio da família podem ajudar na saúde mental e evitar o suicídio

A Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta que só a prevenção pode reverter a situação de um paciente com comportamento suicida. Nove em cada dez mortes por suicídios poderiam ser…