Por pbagora.com.br
Foto: divulgação / PMPB

A Polícia Militar deu mais uma resposta aos crimes de roubo e furto de veículos em Campina Grande. Nessa sexta-feira (8), a PM desarticulou uma oficina que era usada como ponto de receptação e desmanche de carros roubados na cidade e na região. A ação foi realizada no bairro Distrito dos Mecânicos. Duas pessoas foram presas.

Policiais militares das Forças Táticas do 10º e 2º Batalhão chegaram até a oficina, após serem informados de um roubo de um carro modelo Gol. A partir das informações que a vítima repassou, a PM chegou ao paradeiro de dois suspeitos, que estavam no Complexo Aluísio Campos com a chave do carro roubado, cerca de seis pinos com substância semelhante à cocaína, balança de precisão, e que já tinham retirado o som do veículo levado na ação criminosa, e colocado em seu próprio carro.

Foto: divulgação / PMPB

“A partir disso, conseguimos chegar a uma oficina que servia como um verdadeiro desmanche de carros roubados, no Distrito dos Mecânicos. Lá foi encontrado o carro em processo de desmanche, várias peças de veículos de marcas diferentes, placas automotivas e diversos documentos”, explicou o tenente-coronel Francimar Lins, comandante do 10º Batalhão.

Foto: divulgação / PMPB

Com a ação, a PM acredita que tenha dado uma resposta aos roubos de carros e motos na região, uma vez que sem o local para desmanche, os criminosos terão dificuldade em se desfazer dos materiais roubados e repassá-los a outras pessoas. “Nossa estatística aponta que recuperamos 70% dos carros roubados e furtados em cerca de três dias após o delito. Com o desmanche desarticulado de hoje, com certeza diminuiremos ainda mais esse tipo de crime em nossa região, chegando até outros eventuais autores”, relatou o comandante.

Os suspeitos presos, que têm 18 e 19 anos de idade, os vários materiais apreendidos, dois veículos recuperados, incluindo o Gol, foram encaminhados para a Delegacia de Roubos e Furtos. Outras ações para combater o roubo de veículos e a busca por suspeitos envolvidos nesses delitos irão continuar.

Foto: divulgação / PMPB

 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PB Agora/Datavox: veja avaliação do prefeito e de Bolsonaro em Nova Floresta

A administração do atual prefeito da cidade de Nova Floresta recebeu a aprovação de 80,6% dos entrevistados na pesquisa PB Agora/Datavox divulgada nesta quinta-feira. Apenas 13,4% disseram que reprovavam a…

UFPB auxilia governo do estado para instalação de banco de alimentos

A pandemia da covid-19 fez crescer o número de pessoas em situação de vulnerabilidade social no Brasil e no mundo. O agravamento do problema do desemprego nesse período acendeu uma…