A Paraíba o tempo todo  |

PMJP vai inscrever cerca de 5 mil no Juventude Cidadã

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria do Desenvolvimento Sustentável da Produção (Sedesp) e em parceria com o Governo Federal, está implantando o Projeto Juventude Cidadã, que vai inscrever para cursos técnicos, a partir desta quarta-feira (8), cerca de 5 mil jovens em idades entre 18 a 29 anos. O início das aulas, segundo o diretor de Fomento da Sedesp, Ruy Ribeiro, está previsto para a segunda quinzena de maio próximo.

Um dos pré-requisitos é que se tenha o Ensino Fundamental completo. Aqueles que estiverem cursando as aulas receberão bolsa no valor de R$ 100 mais ajuda de custo, como vale-transporte. De acordo com as regras estipuladas no Projeto, serão aproveitados 4.020 jovens e a pretensão é que em 12 meses, aproximadamente, 1.206 estejam inseridos no mercado de trabalho.

A princípio, cada curso – dependendo da especificação – terá uma carga horária total de 260 horas, equivalente a cerca de 80 dias, sendo que 52 desses dias aproximadamente serão destinados a aulas técnicas e o restante aos temas transversais, como disciplinas voltadas para a cidadania, prestação de serviços comunitários, dentre outras ações. De acordo com Ruy Ribeiro, na próxima semana a Sedesp reunirá entidades que serão parceiras na capacitação desse jovens, para discutir possíveis locais de aulas, turnos, horários etc.

O que é – O Projeto Juventude Cidadã é resultado de uma parceria entre os governos federal, estadual e municipal para o desenvolvimento de ações de qualificação sócio-profissional de adolescentes e jovens de baixa renda, na faixa etária de 16 a 24 anos, sendo que em João Pessoa houve alteração na idade do grupo (18 a 29 anos). O objetivo é ampliar os conhecimentos e o desenvolvimento de competências e habilidades dos participantes a fim de aumentar suas chances de inserção e atuação cidadã no mercado de trabalho e na sociedade.

Os jovens participarão de uma formação integral e cidadã aliada a experiências de prestação de serviços à comunidade. O Juventude Cidadã adota uma estratégia de qualificação social e profissional que privilegia a aprendizagem pela experiência por meio do engajamento efetivo do jovem na prestação de serviços comunitários, precedido, complementado e articulado com os conhecimentos desenvolvidos na sala de aula.

Arcos ocupacionais – O Projeto Juventude Cidadã vai oferecer 22 cursos nas mais diversificadas áreas. Dentre eles destacam-se: Administração (360 vagas), Agro Extrativista (420), Alimentação (420), Arte e Cultura, Beleza e Estética (180), Comunicação e Marketing Social (120), Construção e Reparos (Revestimentos e Instalações – 240 vagas), Educação, Esporte e Lazer (120), Gestão Pública, terceiro setor, voluntariado e trabalho social (150), Joalheria (120), Madeira e Móveis, Meio Ambiente, saúde e promoção da qualidade de vida (180), Pesca/Piscicultura (120), Saúde, Serviços Domiciliares I e II (150), Serviços Pessoais, Telemática (420), Transporte (120), Turismo e Hospitalidade (300), Vestuário (600).

Secom/JP

 

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe