Por pbagora.com.br

A Prefeitura de João Pessoa, através da Semob, emitiu uma nota no início da tarde deste sábado, dia 14, onde declarou ser inverídica a informação de que as câmeras de monitoramento de trânsito da cidade estão desativadas em razão do período eleitoral.

Entretanto a nota afirma que o sistema está sendo ampliado e alguns equipamentos estão sendo trocados, o que faz com que as câmeras realmente estejam desativadas.

O intrigante é que o fato ocorra logo agora, quando denúncias de ilegalidades, incluindo grande distribuição de panfletos apócrifos então sendo apuradas pela Justiça, que determinou inclusive que as imagens das câmeras sirvam como meio para que a Polícia Federal possa verificar quem teria sido os autores do crime eleitoral.

Sobre isso, a reportagem do PB Agora entrou em contato com a assessoria da Semob-JP que informou que a desativação para a população ocorre por mudanças técnicas e migração de link, mas que caso a Justiça precise, as imagens estarão disponíveis.

Confira a nota na íntegra:

Nota

A Semob-JP informa que é inverídica a Informação disseminada em alguns portais de notícia de que o monitoramento da cidade via câmeras foi suspenso em razão do período eleitoral.

O Centro Operacional de Trânsito e Transportes continua funcionando normalmente, com o monitoramento permanente do trânsito da cidade.

As câmeras no entanto, não estão disponíveis à população devido a um processo de substituição dos equipamentos e reforma para ampliação do Centro e de seu serviço.

A Semob-JP reforça que continua o trabalho de fiscalização e que está a disposição de todos os órgãos que solicitarem as imagens geradas pelo nosso serviço.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Maguito Vilela, do MDB, é eleito prefeito de Goiânia

Maguito Vilela, do MDB, foi eleito neste domingo (29) prefeito de Goiânia para o mandato de 2021 a 2024. Internado em tratamento contra o coronavírus há mais de 1 mês,…

“Tranquilo”, avalia presidente do TRE-PB sobre primeiras horas da votação em JP

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), desembargador Joás de Brito Pereira Filho, avaliou de forma positiva as primeiras horas da votação em João Pessoa, a única cidade…